sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Diploma ou vocação e competência, o desafio da inclusão



Na última Reatech  (Problemas e soluções técnicas e comportamentais - a XI ReaTech), o maior evento dedicado a pessoas com deficiência (PCD), ficou evidente que muita coisa estava errada numa exposição e ambiente de seminários e palestras a favor das pessoas carentes de tudo que o próprio governo oferece oficialmente (Governo lança Viver sem Limite, 2011).
O acesso difícil para quem não tinha automóvel, um salão imenso e mal organizado (orientações precárias), poluição sonora absurda, bares sobrecarregados etc. exigiram muita boa vontade para assistir seus eventos.
Pior ainda, representantes de governo, alguns ostentando tremenda empáfia e intimidades com palestrantes escolhidos a dedo, demonstravam estar no lugar errado diante do desafio de promover a inclusão e autonomia de dezenas de milhões de brasileiros. Infelizmente muitos têm estabilidade no emprego e padrinhos poderosos...
Em Curitiba vivemos a disputa entre atletas e pedestres, entre eles pessoas idosas e PCD. Assim calçadas que poderiam ser boas se estragam com ciclovias mal feitas, ainda por cima. As famosas árvores têm prioridade, os automóveis imperam e ainda não temos a necessária gerência municipal de passeios, tirando de proprietários frequentemente irresponsáveis e/ou ignorantes a gerência de suas calçadas.
O título do artigo é diploma ou competência. Sim, temos instituições dedicadas à defesa da PCD e do idoso, mas ocupadas por indivíduos diplomados e concursados. E a vocação dessa gente? Vimos pessoas extraordinárias em ação, mas não têm diplomas ou não se dispuseram a fazer concursos públicos. O resultado disso tudo é a existência de gente desmotivada em lugares estratégicos.
O problema não é exclusivo do Brasil. Lá fora vemos que aos poucos o CO2 e as belezas arquitetônicas tomam o lugar das prioridades humanas, tudo agravado pela preocupação de reduzir custos operacionais, o que transformou grandes instalações em quase desertos de atendentes.
O idoso ou a PCD que pretender viajar deve fazer um curso de sobrevivência na selva de concreto, vidros etc. verá belíssimas instalações, estará perdido entre obras de arte.
Continuamos com inúmeros seminários e congressos, afinal dão a oportunidade de acadêmicos mostrarem suas sapiências, resultados?
Vivemos em ambiente e época com grande valorização de diplomas no Brasil.
O mundo, entretanto, sofreu uma autêntica revolução tecnológica da cabeça de gênios da humanidade que tinham, acima de tudo, vocação e competência. Diplomas? Isso as grandes potências desprezaram quando sequestraram e paparicaram, por exemplo, os cientistas da Alemanha derrotada.
Sim, temos órgãos de defesa da profissão. Assim como na Idade Média, as corporações são hiperativas no Brasil.
Podemos, contudo, mudar isso tudo, o Poder Judiciário deu uma tremenda rasteira na profissão “jornalista”, deveria analisar outros casos e nosso povo prestar mais atenção ao exercício de muitas atividades bem pagas e mal exercidas.
Felizmente em 2012 vimos o CNJ atuar de forma brilhante e no Congresso Nacional e no STF sinais de mudanças. Talvez todas comecem a sentir os efeitos das redes sociais e de uma nova geração de brasileiros, que mais cedo ou tarde estará votando e decidindo o futuro do Brasil.
Em tempo, a Tecnologia Assistiva (Cascaes, Educação e Tecnologia Assistiva - Inovação e Dignidade -) pode dar autonomia a muito PCD e idosos, desde que suportadas por sistemas dedicados e bem feitos.
Precisamos mudar. Os idosos e PCD agradecem.

Cascaes
2.11.,2012
Governo lança Viver sem Limite. (17 de 11 de 2011). Fonte: Presidência - Casa Civil: http://www.casacivil.gov.br/noticias/2011/11/governo-lanca-viver-sem-limite
Cascaes, J. C. (s.d.). Fonte: Educação e Tecnologia Assistiva - Inovação e Dignidade -: http://ta-inovacao-dignidade-autonomia.blogspot.com.br/
Cascaes, J. C. (s.d.). Problemas e soluções técnicas e comportamentais - a XI ReaTech. Fonte: Direitos das Pessoas com Deficiência: http://direitodaspessoasdeficientes.blogspot.com.br/2012/04/problemas-e-solucoes-tecnicas-e.html

Nenhum comentário:

Mara Gabrilli eleita para Comissão da ONU sobre Direitos das Pessoas com...

Publicado em 12 de jun de 2018 Deputada federal do estado de São Paulo, no Brasil, Mara Gabrilli, recebeu 103 votos para integrar o ...