quinta-feira, 26 de maio de 2011

cada tipo de composição do Metrô tem a barra de apoio em um local diferente

Olá Flávio, seja bem vindo.
Você coloca com coerência todos os seus pontos de vista o que me deixa satisfeito de tê-lo conosco.
Grande Naziberto, valeu a pena cutucar o homem.
Penso que o teste drive seja fundamental.
Ontem, quarta 25/05, quando estive na rádio Trianon falando sobre acessibilidade fiz essa colocação no ar e penso que seria uma boa solução.
Evitaria que casos como o que você relatou ocorresse, pois se houver o teste é para ver se foi executado conforme projetado e também se o projetado foi a melhor solução.
Fotos como você fez ajudam, mas tive a certeza que a visita é muito mais eficiente quando visitei a Ana Rosa com a Beatriz e o Erici e demonstrei no local os problemas que podem passar despercebídos por um olho acostumado ao que está instalado.
Também penso que devemos ir desarmados e esquecer o que passou e aprendermos com os erros.
Também podemos dar apoio a Beatriz com relação aos novos enfoques que certamente virão com o debate da norma.
Você diz que o sonho de consumo é o piso tátil do Metrô, pois eu penso que podemos alterar isso para que seja o piso tátil em todas as calçadas, parques, praças, prédios públicos ou de interesse, somente assim poderemos nos tornar independentes, indo e vindo onde bem quisermos e sem nos reocupar se chegaremos com facilidade ou somente com auxílio.
Novamente seja bem vindo e já está cadastrado para as visitas.
Novamente reitero a disposição de se criar um fórum de debates em um local definido onde poseremos debater os temas de acessibilidade, trocar idéias e experiências e assim caso nem todos possam participar de reuniões como as das normas, ele ficará sabendo em reuniões do fórum em um dia e horário estabelecido por todos.
Penso também que o teste drive deva ser feito em tudo o que for proposto para nós.
Exemplo:
No dia da visita mostrei a Beatriz que cada tipo de composição do Metrô tem a barra de apoio em um local diferente e que isso nos prejudica,pois se entramos em um trem e procuramos a barra em um local nem sempre ela estará lá, e pode ocorrer de darmos um bom tapão na careca de quem estiver sentado no banco próximo a porta.
Então temos muitas coisas a discutir e não podemos perder essa oportunidade e abertura.
Um grande abraço.
PAZ E LUZ.
Renato Barbato

Nenhum comentário:

Mara Gabrilli eleita para Comissão da ONU sobre Direitos das Pessoas com...

Publicado em 12 de jun de 2018 Deputada federal do estado de São Paulo, no Brasil, Mara Gabrilli, recebeu 103 votos para integrar o ...